Paul´s Blog

Informações Inúteis do dia-a-dia

Creative Commons

Free tools that let authors, scientists, artists, and educators easily mark their creative work with the freedoms they want it to carry.

  –  Go to Creative Commons

Anúncios

junho 24, 2007 Posted by | Dicas, Direito & T.I., Ferramentas, Tecnologia, Tips | Deixe um comentário

Search: Find useful web apps with SimpleSpark

from Lifehacker by

simple_spark.png

If you’re looking for a specific web application to meet your needs, but you’re not sure where to find it, you might want to check out SimpleSpark, a catalog of over 3000 useful online services.

For instance, I typed in “organize” and retrieved around 95 different results to help me get my stuff together. You can also browse through the entire catalog (organized by category), browse pending listings, or check out what’s just been added. I found this incredibly helpful especially since there’s just so much good new stuff coming out; it’s somewhat tricky to keep track of what works and what doesn’t.

junho 24, 2007 Posted by | Java, Programação, Tips | Deixe um comentário

Hack Attack: The AIM BudgetBot

from LifeHacker

budgetbot.png

by Adam Pash

The key to sticking to any budget is to keep a close eye on where your money is going and adjust your budget as needed.

Easier said than done, no? But with an SMS-enabled cell phone and an AIM bot on your side, you can easily track your expenses on the go. more »

junho 20, 2007 Posted by | Blogroll, Dicas, Ferramentas, Tecnologia, Tips | Deixe um comentário

Google Gears roda aplicativos web off line

from: Info OnLine

SÃO PAULO – O Google apresentou o Google Gears, plug-in para browsers que disponibiliza aplicativos web offline.

O plug-in Gears, ainda em versão beta, é uma extensão de navegador que usa funcionalidades em JavaScript e AJAX para permitir aos usuários rodar localmente aplicativos só disponíveis online.

Desta forma, o usuário pode acessar seu leitor de RSS ou escrever textos num editor online mesmo quando não possui acesso à internet.

O plug-in usa três recursos diferentes para viabilizar o funcionamento dos aplicativos. Primeiro, instala um código que trabalha como um servidor web local, sincronizando os documentos que o usuário tem na internet com seu computador.

O segundo recurso cria um pequeno banco de dados SQLite no PC para armazenar informações da internet no HD e, por fim, um terceiro recurso faz o navegador suportar múltiplas extensões em JavaScript localmente, sem precisar buscar códigos na web.

Na prática, o plug-in permite, por exemplo, que o leitor de RSS do usuário armazene localmente as últimas notícias atualizadas. Assim, quando o usuário acessar o leitor, mesmo sem conexão, poderá ver as informações armazenadas.

Do mesmo modo, o Google Gears permitirá rodar, por exemplo, os aplicativos do Google Docs offline e acessar o backup mais recente de sua agenda, e-mails, arquivos de texto e planilhas criadas na suíte online.

Quanto conseguir se conectar à web, o plug-in atualiza as mudanças, enviando e-mails, processando alterações na agenda, publicando e compartilhando textos online, entre outras tarefas possíveis.

Os recursos do Google Gears valem, em tese, para qualquer software online e não só para os produzidos pelo Google. O Google alerta, inclusive, para riscos de segurança se adicionados ao plug-in “aplicativos online de sites não confiáveis”.

Tornar os aplicativos de internet também disponíveis off line é uma tarefa importante para atrair usuários acostumados com as características de software instalado na máquina, como o Office, da Microsoft.

A versão beta ainda receberá críticas dos desenvolvedores de browsers e de aplicativos online. A versão beta, diz o Google, é compatível com Internet Explorer, Firefox e Safari rodando em Windows (XP ou Vista) e Mac OS.

junho 19, 2007 Posted by | Dicas, Ferramentas, Notícia, Tecnologia, Tips | Deixe um comentário

Feira apresentará inovações tecnológicas ao setor empresarial de Curitiba e Região Metropolitana

Feira apresentará inovações tecnológicas ao setor empresarial de Curitiba e Região Metropolitana:

Produtos desenvolvidos por pequenas empresas buscam gerar grandes negócios durante evento que acontece nos dias 21 e 22 de junho

 

Apoiar o desenvolvimento de empreendimentos tecnológicos inovadores de pequenas empresas, dando suporte para a sua viabilização de forma efetiva e segura, é uma das responsabilidades das Incubadoras. Hoje, a capital do Estado agrega cinco Incubadoras, beneficiando cerca de 30 empresas filiadas, chamadas de Incubadas.
 

As Incubadoras têm um importante papel na geração de estágios, empregos e renda, porque oferecem perspectivas reais para centenas de pessoas e pequenos empresários que apresentam projetos originais com potencial para desenvolvê-los. Elas aceleraram o processo de criação das Incubadas, com elevado conteúdo tecnológico de seus produtos, processos e serviços, bem como pela utilização de modernos métodos de gestão. Posteriormente, realizam a divulgação desses serviços e produtos, gerando amplas possibilidades de negócios para a iniciativa privada.
 

Esse é o objetivo das Instituições gestoras de Incubadoras de Curitiba que realizam a FITEC – Feira de Inovação Tecnológica, que acontece nos dias 21 e 22 de junho, no Mezanino do SEBRAE/PR, quando irão promover a integração de suas empresas com o setor empresarial de Curitiba e da Região Metropolitana, apresentando tecnologia e inovação como ferramentas aliadas na grande competitividade do mercado e oferecendo possibilidades de grandes empreendimentos.
 

Durante a feira, com o propósito de fortalecer as empresas geradas nas Incubadoras e elevar o potencial de demanda do mercado, empresários inovadores em diversas áreas como saúde, meio ambiente, indústria têxtil, gestão, agroindústria, design, indústria madeireira e construção civil, estarão à disposição do setor empresarial, visando realizar parcerias em busca de um empreendimento de sucesso.
 

A FITEC é um evento idealizado pelo Instituto de Tecnologia do Paraná (TECPAR), com a organização da INTEC e apoio do SEBRAE/PR. A feira terá a participação de empresas da Incubadora Tecnológica de Curitiba do Instituto de Tecnologia do Paraná – INTEC/TECPAR, do Núcleo de Empreendedorismo e Projetos Multidisciplinares da Universidade Federal do Paraná – NEMPS/UFPR, do Programa de Empreendedorismo e Inovação da Universidade Tecnológica do Paraná – PROEM/UTFPR, do Instituto de Engenharia do Paraná – I2EP/IEP e do Instituto Superior de Administração e Economia da Fundação Getúlio Vargas – ISAE/FGV. O evento envolve ainda a participação da Reparte (Rede de Incubadoras e Parques Tecnológicos). Mais informações podem ser obtidas pelos fones : (41) 3343-2500 e 9154-8134, no e-mail cidagouvea@gmail.com e no site www.sktv.com.br/fitec.

Serviço:

Evento: FITEC – Feira de Inovação Tecnológica de Curitiba

Data: Dias 21 e 22 de junho

Local: Sebrae/PR – Rua Caeté, 150 – Parolin

junho 13, 2007 Posted by | Dicas, Eventos, Reportagem, Tips | Deixe um comentário

Download of the Day: ThinkingRock (All platforms)

from lifehacker

https://i0.wp.com/lifehacker.com/assets/resources/2007/03/thinkingrock-thumb.png

Windows/Mac/Linux: Free personal organizer ThinkingRock helps you work David Allen’s Getting Things Done methodology to the letter right on your desktop.

Collect your thoughts, process them into projects, actions and reference and review your action lists by context and project. ThinkingRock isn’t the prettiest interface you’ll ever see, but it’s free, cross-platform, and is clearly developed by disciples of The David. The app also stores all its data in a transparent XML file for easy-peasy thumb drive access, which – in a cross-platform word – rocks. ThinkingRock is a free download, versions available for Mac, PC and Linux. Thanks, Tomu, John, Mike, Matthew and Jeff!

junho 13, 2007 Posted by | Dicas, Ferramentas, Tips | Deixe um comentário

Como o olho humano

fonte: forensedigital


Empresa mineira apresenta tecnologia inédita no país para investigação de imagens
Silas Scalioni

Fotos: reprodução/LTU Image Seeker

materia01.jpg

A tela mostra o resultado de uma busca com a solução: havia uma imagem original que precisava ser encontrada dentro do HD apreendido. O programa conseguiu localizar oito variações da imagem, independentemente das distorções que o suspeito usou para tentar escondê-la

Uma nova lacuna na investigação e solução de crimes digitais no Brasil começou a ser preenchida por intermédio da TechBiz Forense Digital, empresa do grupo mineiro TechBiz, que domina uma tecnologia, inédita no país, para análise de imagens encontradas em aparatos eletrônicos suspeitos. Isso, graças à parceria exclusiva firmada pela Techbiz, única empresa de forense digital do Brasil, com a LTU Technologies, grupo franco-americano criado por cientistas dos dois países, especializado em soluções de pesquisa e reconhecimento de imagens.

“Quando o assunto é crime cibernético, as novas soluções que a TechBiz passa a oferecer no Brasil, que são versões do programa LTU Image Seeker, desenvolvido pela LTU Technologies, são fundamentais para investigar uma série de ações ilícitas que dão dor de cabeça às forças policiais e corporações mundiais, como exploração sexual de menores e o roubo de propriedade intelectual”, afirma Renato Maia, diretor técnico da TechBiz Forense Digital. Para ele, numa época em que os recursos tecnológicos permitem alterar fotos com facilidade, essa nova ferramenta é um importante aliado para o investigador que precisa encontrar uma imagem específica em um hardware, mesmo que ele tenha sido modificado pelo criminoso.

Segundo ele, sem poder contar com essa tecnologia, um investigador, ao necessitar encontrar uma figura em um ou mais discos rígidos, precisará calcular o seu hash, ou seja, um código identificador (como uma impressão digital, calculada por algoritmos específicos), e compará-lo com o de todos os arquivos em uma máquina suspeita. Entretanto, se o arquivo sofre uma alteração, por menor que seja (é rasurado, muda de cor ou é invertido), o hash também se modifica, e o identificador passa a não bater mais. “O Image Seeker, por sua vez, consegue distinguir fotos alteradas, clonadas e até similares. Por meio de complexos cálculos envolvendo aspectos variados, como textura, cor, luz e configuração espacial, o programa cria o que chamamos de um DNA da imagem. Caso ela seja alterada, esse DNA sofre poucas alterações e o software consegue identificá-la na máquina, criando alertas sobre probabilidades de ser o arquivo procurado”, explica.

FUNCIONAMENTO Na prática, de acordo com o diretor técnico, o que o Image Seeker faz é, basicamente, copiar o sistema visual humano. A retina, por exemplo, é formada por milhões de células sensíveis à luz, que produzem efeitos similares aos pixels. Essas informações não são enviadas diretamente para o cérebro para a análise e reconhecimento, já que uma complexa rede de sinapses (que são junções formadas por células nervosas onde o terminal pré-sináptico de uma faz contato com a membrana pós-sinaptica de outra) transforma esses milhões de células de informações em um pacote reduzido de dados, transportados por milhares de nervos visuais, um número tão grande como as dimensões do DNA desenvolvido pela LTU. “Na ferramenta, a retina e o os nervos visuais poderiam ser comparados, então, ao módulo DNA, e o cérebro, aos módulos de recuperação e reconhecimento”, compara Renato Maia.

Ele ressalta que essas soluções foram criadas por cientistas especializados no assunto, uma vez que a LTU é uma empresa focada exclusivamente em processamento digital de imagens, fundada por doutores do MIT Media Lab, Oxford University e da INRIA (French National Institute for Research in Computer Science and Control). Segundo ele, a mesma tecnologia foi apresentada em Las Vegas (Estados Unidos) pelo vice-presidente de vendas da LTU, Kevin Smith, no Computer and Enterprise Investigations Conference (CEIC 2007). “A empresa mostrou no encontro as técnicas usadas para mascarar imagens e o que os softwares criados podem fazer nesse campo. Uma imagem pode valer mais do que mil palavras, mas em um mundo de fotografias high-tech e de manipulações digitais, não é fácil saber quando essas palavras são mentirosas”, completa. Os preços do produto variam de acordo com os projetos específicos traçados pela empresa para cada cliente. Contatos devem ser feitos por meio do site www.techbiz.com.br

junho 12, 2007 Posted by | Direito, Direito & T.I., Tecnologia | Deixe um comentário

Featured Windows Download: Make the most of multi-monitors with UltraMon

https://i1.wp.com/lifehacker.com/assets/resources/2007/06/ultramon-thumb.jpg

Windows only: UltraMon adds tons of useful functionality and tweaks to your multi-monitor desktop.

Of UltraMon’s slew of features, the one that stands out most for multi-monitor users is probably the smart taskbar, which extends the taskbar to your multiple monitors so that a window only shows up on the taskbar it’s active on. UltraMon also features hotkeys for moving windows between desktops, unified wallpapers, and lots of other really useful functionality. UltraMon offers a free 30-day trial, after which point I’m not sure what happens (the web site isn’t clear). A license will set you back a hefty $39, though, so hopefully the non-registered version still provides some of the useful functionality. If you know from experience, let us know how it works in the comments.

UltraMon

junho 10, 2007 Posted by | Dicas, Ferramentas, Tips | Deixe um comentário

Productivity: Hack your memory

brain.png

Want a better memory? Try a few memory hacks from productivity blog How to Split an Atom.

There are many good suggestions here, such as create a mnemonic, write it down, and take advantage of the incredible array of memory aids that are out there free for the taking: Google Notebook, Backpack,etc. How do you hack your memory? Let’s hear it in the comments. — Wendy Boswell

How To Improve Your Memory [How to Split an Atom ]

junho 10, 2007 Posted by | Dicas, Ferramentas, Tips | Deixe um comentário

A mina de ouro do software grátis

Fonte: Paraná On-Line

João Carlos Brito [06/06/2007]

É muito fácil encontrar sites de download na internet, com programas para baixar e instalar gratuitamente no seu computador. Existem, inclusive, ótimos sites brasileiros que tratam do assunto como o Baixaki (www.baixaki.com.br), SuperDownloads (www.superdownloads.com.br) e Lemon Collection (http://lemon.oi.com.br/). Também são excelentes os sites estrangeiros Download.com (www.download.com/),SnapFiles (www.snapfiles.com/) e SoftPedia (www.softpedia.com). O difícil é encontrar sites de freeware autêntico, e vamos apresentar você a alguns deles.

Freeware autêntico? Sim, software realmente gratuito, que não vai colocar anúncios, nem avisos, nem espiões no seu computador, que não vai limitar as funções (só a versão paga oferece todo o potencial do programa) e que não vai parar de funcionar de repente, quando você começar a gostar do software.

Existem diversos freeware “autênticos” tão bons quanto os programas comerciais, desenvolvidos por profissionais que estão interessados no destaque que obtêm quando seus programas se tornam populares. Mas a maioria dos sites de download, como os citados, mistura vários tipos de programa, desde os shareware e trialware (ambos com o mesmo conceito, ou seja, experimente durante algum tempo, depois, para continuar usando, pague a licença), adware (gratuito, mas você tem de permitir que ele mostre anúncios) e até mesmo spyware (parece gratuito, mas na verdade está colocando espiões no seu computador), além de freeware.

Os sites abaixo têm o cuidado de examinar o “comportamento” dos programas que oferecem, para tentar garantir que eles são realmente gratuitos e limpos de espiões e anúncios.

Melhores Sites de Freeware

Nonags (www.nonags.com) – traz todo tipo de software, desde antivírus até jogos, e os classifica com “patinhos”: quanto mais patos, melhor o software; para entrar, clique no link “free for everyone” e escolha um destino.

Filehippo (www.filehippo.com) – clique no botão [filter] no alto da tela e escolha ver apenas freeware; as avaliações (em inglês) do Filehippo são bastante detalhadas.

FreewareGenius (www.freewaregenius.com) – blog premiado, com excelente seleção e divertida também: o autor dá diversas dicas de jogos grátis.

PricelessWare (www.pricelesswarehome.org) – Um dos mais antigos, com muitas categorias, mas poucas sugestões em cada uma, porém confiáveis.

Give Away of The Day (http://pt.giveawayoftheday.com/) – Não é um site de freeware, mas distribui todos os dias uma licença de shareware gratuitamente. Site em português.

junho 6, 2007 Posted by | Dicas, Ferramentas, Notícia, Reportagem, Tecnologia, Tips | Deixe um comentário